A Raiva é uma doença que afeta amimais domésticos e selvagens e é transmitida às pessoas geralmente por saliva, mordidas e arranhões. Os primeiros sintomas incluem febre e, frequentemente, dor ou uma sensação incomum de formigamento ao redor da ferida.

O Dia Mundial de Combate à Raiva acontece no próximo sábado, 28 de setembro de 2019. A data foi instituída há 13 anos pela Global Alliance for Rabies Control (GARC), e conta com o apoio da Organização Mundial de Saúde.

A doença causa 59 mil mortes todos os anos em mais de 100 países, afetando principalmente as comunidades carentes com acesso limitado à saúde e aos sistemas veterinários.

Há um compromisso mundial das instituições ligadas à saúde para acabar com a doença até 2030. É a primeira vez que grandes instituições da saúde humana e animal se comprometem com uma estratégia comum para a eliminação da Raiva. A vacinação de 70% da população de cães em uma comunidade já é suficiente para controlar a raiva, uma doença 100% fatal para os seres humanos. Campanhas oficiais de imunização efetiva reduziram em 90% a incidência de raiva na América Latina, incluindo o Brasil.

Os programas bem-sucedidos de controle da raiva compreendem três pilares importantes:

– Participação da comunidade

– Educação, conscientização pública e acesso à vacinação em massa de cães

– Acesso ao tratamento pós-mordida

A vacinação é a base dos esforços de controle da raiva.

Fonte: Organização Mundial da Saúde

Pin It on Pinterest

Share This